segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Depois de noivo abandoná-la, noiva dá recepção de casamento para crianças desabrigadas

Moradores do abrigo aproveitam a noite.
Seu grande coração não podia deixar tudo ir para o lixo. O salão já tinha sido alugado e todo buffet pago. Então, a tristeza do casamento cancelado deu vez à uma noite especial à famílias sem-teto.

A americana Dana Olsen ficou arrasada quando seu noivo, um homem que ela tinha conhecido há 15 anos, entrou em sua casa um mês antes da data do casamento e disse-lhe que não queria se casar com ela. Ela perdeu o amor de sua vida, alguém com quem ela acreditava que passaria o resto de sua vida, criar filhos, e envelhecer.

Os planos de casamento também tinham quebrado financeiramente seus pais, que, assim como ela, tinham investido bastante dinheiro para o evento e recepção que contariam com 250 convidados. "Minha família tinha pago para o que planejávamos ser um dia especial, belo e divertido", disse ela. "Nós pagamos milhares de dólares não reembolsáveis".

Então, ela decidiu: os gastos não iriam para o lixo da mesma maneira que seu sonho de matrimônio. Ela entrou em contato com um abrigo para mulheres sem moradia, crianças e famílias em situações de emergência, e ofereceu-lhes a chance de ter uma festa com zero custo.

Contratou ônibus escolares que levaram mais de 100 crianças e suas famílias do abrigo para SoDo Park, um local luxuoso no centro de Seattle, onde foram recebidos com mesas decoradas, banda e comida. Residentes do abrigo foram tratados com toda a pompa nupcial que a ocasião merecia, incluindo maquiagem e penteado antes do grande evento.

A mãe da noiva Karen Olsen e  contratados para o buffet ajudaram a preparar o local para a chegada dos convidados mais que especiais (Dana não compareceu à festa, preferiu passar o dia caminhando com seu pai).


"Ela só queria se casar com o cara que ela amava, e isso não foi possível, e se ela não pode ter o que desejou, ela sente-se melhor em compartilhar com outra pessoa", disse Karen Olsen.




Fonte/imagem: SeattleTimes